Agra imaginava disputar o governo, mas se contenta com o Senado

Não vai ser na campanha do próximo ano que o ex-prefeito Luciano Agra (PEN) vai estar frente a frente com o ex-aliado Ricardo Coutinho (PSB), atual governador do Estado. Eles não se toleram, apesar de terem dividido o governo municipal entre janeiro de 2008 a dezembro de 2011.

Agra pretende ser testado nas urnas não disputando o governo com o arquiinimigo, mas surpreendeu com o anunciou nesta terça (15), em entrevista a uma emissora local, o desejo de disputar o Senado da República.

                                    agra

“A minha pretensão é disputar o Senado”, proclamou o ex-prefeito de João Pessoa. É pela primeira vez que Agra anuncia o cargo que pretende concorrer nas eleições de 2014. Sorte de Ricardo que não terá pela frente o ex-aliado de partido (PSB) e de gestão administrativa.

Sorte porque o ex-prefeito Luciano Agra deixou o governo municipal com a popularidade em alta. Além do mais, na eleição municipal de 2012, fez o seu sucessor, batendo a candidata de RC. Já o governador Ricardo, de acordo com a pesquisa do Instituto Vox Populi, veiculada na semana passada, não anda bem neste quesito popularidade.

Agra falou mais sobre o seu projeto político para a campanha do ano que vem. “Eu acumulei ao longo desses tempos, não somente como prefeito, vice-prefeito, mas antes disso, certa experiência como cidadão que contribuiu para a construção de leis…”.

“… Tenho mais de mil artigos escritos e aprovados pela Câmara Municipal de João Pessoa. Hoje, com a visão panorâmica dos problemas, eu posso perfeitamente enveredar por uma legislatura e não vou fazer um papel feio”.

Sobre o apoio do Partido Ecológico, Agra explicou: “Nós temos um presidente (Ricardo Marcelo) que tem um comportamento coerente na sua prudência e aí nós vamos postular juntos. Ou então nos colocar a disposição de outras forças para compor a chapa…”.

“… Eu não vou ser candidato de ninguém. A minha preferência é ser candidato ao Senado. Se não der não tem problema”.

Agra quer levar seu nome para o debate na composição da chapa dos partidos aliados e já mostra que estamos mesmo dispostos para concorrer em 2014. Só não quer conversa com o ex-aliado Ricardo, o “socialista” que lhe preteriu de disputar a reeleição.

Um erro.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.