Vereadora do PSD dá o “pontapé” para a debandada do grupo “socialista”

          pamela

Do mesmo partido do vice-governador Rômulo Gouveia, a vereadora Raíssa Lacerda (PSD) deu sinais de rompimento político com o governo “socialista”. Mais estranho ainda é o fato dela não ter poupado criticas a gestão em que seu pai José Lacerda Neto faz parte como auxiliar do Palácio da Redenção.

Raissa subiu a tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa na manhã desta terça (17) para cobrar o seguinte: “Cadê os 40 anos em quatro (4). Vamos falar a verdade sobre o reinado de Ricardo Coutinho…”.

“… Rei para mim é só um: Jesus Cristo. Por que ninguém tem coragem de falar?”, ressaltou a parlamentar.

Disse que o governador do Estado se sentia um “rei”. Ela condenou a postura do “socialista”. Falou com a voz das ruas: “Governador, contrate os médicos anestesistas e bote a Arlinda Marques pra funcionar ao invés de ficar calando a população contra um prefeito (Luciano Cartaxo) com apenas oito meses de gestão”.

A reação da vereadora Raissa é natural. Vem procedida das declarações feitas pelo governador durante o balanço dos “Mil Dias”, quando disse ele que haviam “secretários vacilantes”. José Lacerda, pai da parlamentar, é atual secretário de Articulação Política. Ele foi vice-governador no segundo governo Cássio Cunha Lima (PSDB).

Raissa é autora do titulo de Cidadã Pessoense a 1ª Dama Pamela Bório (foto acima).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.