Gilma pede a Cássio para intervir por ela; Nonato teria chegado primeiro

gilma

Para se sustentar na presidência estadual do PPS, a deputada estadual Gilma Germano foi até ao gabinete do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), a pretexto de saber dele se irá disputar o governo em 2014, mas que, na verdade, seria para o tucano interceder junto a Roberto Freire, presidente nacional do Partido Popular Socialista; para que não ocorresse intervenção no Diretório da legenda paraibana.

Ouviu de Cássio, segundo ela, “de que não será candidato e que está muito bem em Brasília’, comentou Gilma durante entrevista no programa Rede Verdade. Porém, sofreu um revés: a informação é que o senador e provável candidato ao governo contra o aliado da parlamentar pediu pelo vice-prefeito Nonato Bandeira, que deverá ser consolidado na presidência do PPS da Paraíba nesta quinta (5).

É o que dá não ter uma posição política correta.

Se, de fato, intercedeu em nome do vice-prefeito de João Pessoa, o senador Cássio dá mais um sinal de que é candidato a governador. Afinal de contas, ter Bandeira como aliado é melhor do que seguir a aliança com o “socialista” reeleitoral.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.