Cartaxo e RC dividem mesmo espaço nos gabinetes em Brasília

Na audiência que manteve nesta quarta (7) com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior e também das Cidades, paraibano Aguinaldo Ribeiro, o prefeito Luciano Cartaxo (PT) levou o governador Ricardo Coutinho a “tiracolo”. Ele também participou da reunião realizada em Brasília e viu o petista entregar, de uma vez só, um projeto contendo 16 projetos na área de mobilidade, que deverá render cerca de R$ 911 milhões para serem aplicados em obras na capital do Estado.

                    carttaxo em brs

Segundo Cartaxo, “a proposta com 16 pontos visa melhorar significativamente a mobilidade urbana levando em conta a questão da acessibilidade. As ações que apresentamos fazem a interligação de bairros com grandes avenidas da Capital…”.

“… Agora, vamos aguardar o Governo Federal para saber quais dos nossos projetos serão aprovados. Entre os 16 pontos, apresentamos alguns com prioridade”, comentou o prefeito.

Conheça alguns dos 16 pontos do projeto apresentado pelo prefeito da capital a ministra Miriam Belchior:

1 – ligação da avenida Tancredo Neto com a Presidente Nilo Peçanha;

2 – duplicação da Boto de Menezes;

3 – um Terminal de Integração na Tancredo Neves;

4 – a intercessão em desnível da avenida Flávio Ribeiro Coutinho e rua Manoel Cavalcante;

5 – a ligação entre os bairros de João Agripino e Manaíra;

6 – a ligação viária sob o Rio Jaguaribe do bairro do Castelo Branco com Miramar;

7 – a ligação viária da BR-101 com a PB-008;

8 – a padronização de caçadas;

9 – a ligação da avenida Valdemar Acioli com a avenida Hilton Souto Maior.

Por isso, o vereador Renato Martins (PSB) anda tão nervoso com a gestão do prefeito Luciano Cartaxo, principalmente porque os projetos apresentados pela Prefeitura de João Pessoa e que forem aprovados, receberão recursos dentro dos R$ 50 bilhões já anunciados pela presidente Dilma Rousseff para investimentos em obras de mobilidade urbana em todo o país.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.