Anísio acusa TC de fazer julgamento político; “quase partidária”

O Tribunal de Contas criou um problema para ele próprio quando julgou legal a permuta do governo do Estado com o empresário Roberto Santiago, proprietário do Shopping Manaíra. A transação envolveu o terreno da Acadepol, em Mangabeira. Pois bem, o deputado Anísio Maia (PT), do alto da tribuna da Assembleia, bradou: “A decisão foi política; quase partidária”. Acusações são serias. Para não dizer graves, muito graves. Disse que ocorreram dois julgamentos, “um técnico e outro político.”

Aqui, o pronunciamento de Anísio na manhã desta quinta (18):

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.