Justiça fez justiça com o vereador Bira, que derrota o PSB no TRE

                                         birra

Nada melhor do que estar livre para voar. É assim que está se sentindo o vereador Bira Pereira – agora sem partido -, que venceu a batalha jurídica contra o PSB do governador Ricardo Coutinho.

Agora a pouco, por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral deu ganho de causa ao vereador no processo em que o Partido “Socialista” Brasileiro pedia o mandato dele alegando infidelidade partidária.

Como infidelidade partidária se o parlamentar vinha sendo vítima de perseguição por ter apoiado a candidatura de reeleição do então prefeito Luciano Agra, ocorrido na instância do partido?

Era a pergunta que Bira fazia a ele próprio. A Justiça Eleitoral entendeu os argumentos do líder da bancada do prefeito petista e nesta quinta (18) decidiu que ele poderia, sim, sair do partido sem ser molestado pelos “socialistas”.

Livre e desimpedido, o vereador Bira Pereira vai analisar os convites que recebeu de vários partidos, o PT de forma pública através do prefeito Luciano Cartaxo; também do PTB, PC do B. PEN, até do PSDB.

“Essa é uma decisão que só vamos tomar na primeira quinzena de agosto, mas antes disso estaremos conversando com a militância para decidir politicamente o caminho que vamos seguir”, disse Bira.

No caso do vereador Bira Pereira a Justiça fez justiça.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.