Trocolli Júnior não dá trégua e aciona a Energisa/PB de novo

Calado andou, calado estava, mas o deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) voltou à cena para botar gasolina na fogueira – fora de época – de um escândalo proporcionado pela Energisa/Paraíba, acusada por um funcionário da empresa de estimular a instalação de um “fio preto” (gato) nas residências de usuários na tentativa de aumentar o consumo de energia e, consequentemente, a arrecadação da concessionária.

Ele pediu rigor nas investigações das denúncias. Neste sentido, protocolou mais uma ação após se reunir com o procurador-chefe do Ministério Público Federal, Victor Carvalho Veggi, que se comprometeu em cobrar da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) uma fiscalização rigorosa como deseja o parlamentar.

“Nós vamos remeter a representação a apreciação de um dos procuradores (República) para que seja instaurado o processo (…). Cobraremos uma postura da Aneel de acordo com o que a lei exige”, garantiu o procurador-chefe do MPF.

A briga do deputado peemedebista é que a denúncia contra a Energisa – causou grande repercussão por causa da suposta fraude – não caia no “esquecimento”.

“As denúncias feitas pelos funcionários terceirizados da Energisa são muito graves (…). Eles afirmam que foram orientados a forjarem ligações clandestinas, o chamado gato, nas casas das pessoas para conseguirem cumprir uma meta’.

Trócolli lembrou que o seu colega deputado Gervásio Maia Filho (PMDB) foi um dos que iam sendo lesado pela suposta fraude da empresa. “Por isso, não podemos deixar que isso seja esquecido e precisamos endurecer as investigações e as fiscalizações contra essa empresa (Energisa)”.

Uma missão também do São (manifestações) Asfalto.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.