Ministro Aguinaldo abre portas do Ministério para Ricardo e Cartaxo

audiencia1O ministro das Cidades, o paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP), parabenizou a iniciativa do governador Ricardo Coutinho (PSB) e do prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PT), que realizaram nesta sexta-feira (5) na Granja Santana, a primeira audiência e que teve como pauta a mobilidade urbana, demanda gerenciada por sua pasta. Ribeiro fez recomendações a Ricardo e a Cartaxo quanto aos projetos e salientou que as portas do seu gabinete estarão sempre abertas aos paraibanos.

“Já tive a oportunidade em recebê-los individualmente em nosso gabinete e teremos a maior sensibilidade no atendimento de todas as solicitações e faço questão de dizer que toda a nossa equipe técnica está à disposição do governador e de todos os prefeitos”, pontuou o ministro paraibano, acrescentando que a data da audiência em Brasília depende apenas de uma agenda proposta pelos dois: “Sempre falo com os dois por telefone e não serei obstáculo para qualquer encontro”, contou Ribeiro,que lançou recentemente ao lado da presidente Dilma Rousseff (PT), um novo pacote voltado para mobilidade urbana orçado em R$50 bilhões.

Segundo o ministro, é fundamental neste instante que as divergências políticas venham a ser deixadas de lado.

“Espero que tanto o governador quanto o prefeito, tenham a sensibilidade necessária para possamos ter o interesse público acima de qualquer outra coisa, se fazendo um julgamento das obras do ponto de vista da demanda da população. A intervenção de infraestrutura e mobilidade têm que ter primeiro uma visão também técnica, onde esta intervenção possa produzir um efeito que a sociedade quer ter: transporte público de qualidade, desafogando o trânsito das cidades de João Pessoa e Campina Grande, para que possamos nos deslocar com mais qualidade”, alertou.

Aguinaldo deu uma recomendação aos gestores paraibanos:

“Nesse novo pacote de investimentos cabe aos estados e municípios definirem quais são os investimentos prioritários e elaborar os projetos necessários para o acesso a esses recursos, esse é o principal papel neste instante já que nós estamos disponibilizando os recursos e a execução será do estado e dos municípios”, explicou.

Assessoria

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.