Rômulo Gouveia não recua: “Minha posição não tem mais volta”

romim

O vice-governador Rômulo Gouveia (PSD) não pretende deixar o cavalo passar selado, pois sente que esse é o momento de concorrer a única vaga para o Senado nas eleições de 2014. Em entrevista ao programa Conexão Direta, exibido ontem (13) pela TV Arapuan, Gouveia disse: “Minha posição não tem mais volta; não tenho mais como recuar”.

O também presidente do PSD da Paraíba está correto no seu ponto de vista, inclusive não pretende pensar no que poderá vir pela frente. Ou seja, uma possível candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao governo do Estado, consequentemente, o rompimento com o governador Ricardo Coutinho (PSB).

Perguntado pelo jornalista Luis Torres acerca da possibilidade da aliança Cássio/Ricardo se romper, o pré-candidato a senador declarou o seguinte: “Vou ter que tomar uma posição, pois não sou de ficar em cima do muro. Porém, vai ser na hora certa, no momento certo”.

“Não ficarei em cima do muro, repito, pois coragem não me falta”. Está certo o ex-deputado estadual, ex-presidente da Assembleia, ex-deputado federal, ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande e atualmente vice-governador.

Com um currículo desses, Rômulo pode ser candidato a tudo, até mesmo a governador, como bem declarou Ricardo Coutinho em recente entrevista.

Rômulo vive um momento especial. É presidente de um partido que detém mais de dois minutos de tempo de televisão, além do apoio da direção nacional do seu partido e do aval do governador.

Então, está com todas as credenciais para emplacar seu nome para o Senado. Faltam só os votos. “Aí terei que mostrar ao eleitorado paraibano minha capacidade eleitoral”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.