Falta de respeito: Romero pensava que “Zé Lezin” era leso

Ze lezin“Zé Lezin” foi chamado para se apresentar no Parque do Povo, cenário onde o saudoso poeta Ronaldo Cunha Lima, enquanto prefeito de Campina Grande, transformou em maior São João do Mundo.

 Pois bem, por ter um nome artístico sugestivo, “Zé Lezin”, o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) pensou que era fácil passar a perna no personagem criado por Nairon Barreto.

Pela apresentação no Parque do Povo, o artista paraibano, que faz a gente rir e ficar mais alegre, o “Zé Lezim” receberia R$ 28 mil.

No momento de subir no palco aquela tensão de “Zé Lezin”, lá das “caatingas” paraibanas; que brilha nos programas televisivos em rede nacional, entre eles o comandado por Chico Anísio, de saudosa memória.

Chegou o grande momento. “Zé Lezin” estava pronto, todo enfeitado, roupa típica para o momento. Estava chique. E ai! Nada? Nada o que? O “caivão” (cachê)… Que “caivão”? Amanhã, na prefeitura.

Pura enrolada. Queriam passar um xexo em “Zé Lezin”, que preferiu dar seu show particular nas conversas com os amigos no Parque do Povo.

Muito feio o que Romero fez com nosso “Zé Lezim”. Uma tremenda falta de respeito

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.