Duas teses: Maioria pró-Cássio na executiva do PSDB é de 30 a 15

penaltyAlguns tucanos vivem as angústias do goleiro no momento da cobrança de um pênalti. O PSDB/Paraíba está para decidir sobre duas teses em discussão internamente. Uma delas, a candidatura própria do partido ao governo em 2014.

É democrático que a decisão seja através do voto dos 45 diretorianos. Porém, o resultado neste primeiro instante é pró-senador Cássio Cunha Lima: 30 a 15.

A tese do maior líder dos tucanos é de reedição da aliança com o governo do “socialista” Ricardo Coutinho. Quer reproduzir o que ocorreu em 2010, inclusive o mesmo formato. Ou seja, que o vice e o senador da chapa sejam indicados pelo PSDB.

Nesta mesma movimentação, o deputado federal Ruy Carneiro, presidente estadual do Partido da Social Democracia Brasileira; se uniu à oposição para mudar o assunto a despeito da manutenção da aliança com os “socialistas”.

Agora, pode haver um impasse na indicação do senador. Deu-se em função do vice-governador Rômulo Gouveia (PSD) se apresentar como o nome do Senado, ele que conta com o apoio decisivo do governador re-eleitoral. Talvez, Cássio  indicará o senador Cícero Lucena ou Ruy Carneiro.

O presidente Ruy teria a capacidade de fazer barulho com a tese defendida pelo senador Cássio? Como o presidente dos tucanos pode estar blefando não deve ser levado a sério.

No gogó, Ruy propala sua defesa em torno da candidatura própria. Nos bastidores, como se sabe, trabalha seu nome para o Senado.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.