Tucanos recomendam não reedição da aliança com os “socialistas”

O ricardismo, não é o baiano, mas o paraibano mesmo; comemora antecipadamente, até solta foguetes, porque ouviu-se “socialistas” afirmarem que Cássio não pode ser candidato a coisa alguma. Em privado, chama-os de “ficha suja”.  

A reedição da aliança com o ricardismo paraibano representa o “suicídio político” do senador Cássio Cunha Lima, cujo aval para votar novamente no governador Ricardo não será mais atendido.

O PSDB paraibano tem uma pesquisa que retrata bem a transferência de voto na hipótese de Cássio pedir para votar na reeleição do “socialista”. Perguntado se “Cássio pedir para votar em Ricardo”, apenas 4% disse “sim”.

Já 36% responderam “nunca mais”. Esse é um dado que faz o senador Cássio pensar milhões de vezes em reeditar a aliança com o Partido “Socialista” Brasileiro. Chama-se as vozes roucas das ruas a resposta a pesquisa interna dos tucanos.

Até pedir voto para o presidenciável Aécio Neves na Paraíba é complicado para o senador Cássio Cunha Lima. Sabe por quê? O eleitor está desconfiado. Quando atendeu ao pedido de voto a experiência não foi nada agradável.

Então, ninguém quer mais repetir 2010.

Em Brasília, onde tudo acontece depois de chegar aqui, o assunto é que Cássio não será capaz de transferir voto para seu candidato Ricardo, caso seja mantida a aliança.

É bom lembrar que, como o líder maior dos tucanos paraibanos não é candidato a coisa nenhuma, é de se imaginar que a estratégia de Cássio é levar o assunto a partir de agora em “banho-maria”, que servirá apenas para aquecer o clima político paraibano.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.