Aguinaldo não confirma, mas pode ser candidato a governador

Contado para ser o candidato do Palácio do Planalto à sucessão governamental na Paraíba, o ministro Aguinaldo Ribeiro (PP) pôs seu futuro político nas mãos da presidente Dilma Rousseff. Aproveitou para criticar a antecipação do debate no Estado. “Só quem perde é a Paraíba”.

“Estou trabalhando para o meu Estado e qualquer decisão na nossa Paraíba será em sintonia com a nossa presidente Dilma Rousseff…”.

“… No Brasil todo e em todos os estados, o PP está alinhado com a nossa presidente e com o PT e iremos fazer as avaliações em cada estado brasileiro”.

Recentemente, o ministro Aguinaldo esteve reunido com a presidente Dilma e o ex-presidente Lula numa agenda política. “Meu foco é o trabalho no Ministério das Cidades, estou focado nisso, por uma razão muito simples: imaginem se iniciássemos agora uma campanha e me dispusesse a ser candidato a governador, você muda a agenda e passa a trabalhar no Estado, por que ao invés de estar trabalhando para trazer recursos para o Estado, eu estaria preocupado com o meu interesse pessoal”.

Ao contrário do que vem sendo observado na Paraíba, quando todo movimento feito tem atenção voltada a campanha eleitoral de 2014, o ministro conclamou mais uma vez a classe política dar as mãos:

 “Eu não tenho o interesse pessoal acima de projeto de Estado, tenho andado o Brasil e o mundo e vemos como a nossa Paraíba ficou para traz, é um momento que eu posso ajudar muito mais de onde estou, do que saindo deste lugar!”, enfatizou.

Aguinaldo é o nome do Planalto para candidato ao governo da Paraíba. Com o apoio, claro, do prefeito Luciano Cartaxo e do PT paraibano.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.