Bomba: Tucanos trabalham plano “B” para concorrer ao governo do Estado

E se não for Cássio?

“O PSDB vai de Cícero”.

Para o governo?

“Por que não”.

E ele topa?

“Claro que topa”.

Já combinaram com ele?

“Não precisa (…). Cícero é partidário”.

O interlocutor tucano pediu para não ser identificado para não se enquadrar na turma dos  “fofoqueiro e babão”, expressões usadas contra filiados do PSDB pelo presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, em entrevista no programa Rádio Verdade, do Sistema Arapuan.

As declarações de Rosas geraram uma crise de relação política entre os tucanos e os “socialistas”.

Tucano com plumagem de líder, disse ao signatário do blog que o PSDB terá candidato a governador e que o nome mais cotado é o do senador Cássio Cunha Lima. “Não será se não quiser”, garante.

No entanto, disse que se Cássio não aceitar concorrer ao governo, o plano “B” será o senador Cícero Lucena, ex-governador e ex-prefeito duas vezes de João Pessoa.

O repórter perguntou se já haviam combinado com Cícero a pretexto de uma possível candidatura ao governo, quando o projeto dele é concorrer a reeleição. “Repito: Cícero é o nosso plano B para concorrer a sucessão do próximo ano”.

Uma bela justificativa para tirar parte dos tucanos do grupo “socialista” do governador Ricardo Coutinho.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.