União em torno de Veneziano, eis a palavra de ordem no PMDB

O PMDB do ex-governador José Maranhão reuniu-se na manhã desta segunda (6), cuja convocatória teve o objetivo de confirmar a pré-candidatura de Veneziano Vital do Rego ao governo em 2014, a agenda do roteiro de encontros nas regiões paraibanas e, ainda, o substituto do empresário Wilson Santiago, que trocou o peemedebê pelo PTB.

Instado a falar sobre a reedição da aliança com os petistas, Maranhão disse que “é provável que venha acontecer, porque se os dois partidos estão juntos na campanha presidencial, então é importante que se construa um mesmo palanque no plano estadual (…). Mas é cedo para tratar do assunto alianças partidárias”.

O que se sabe a respeito do assunto: a aliança PMDB/PT no plano estadual está sendo construída cima para baixo. Ou seja, uma missão dos diretórios nacionais dos partidos. Quanto a pré-candidatura de Veneziano é liquida e certa. Maranhão disse que “ele é o nome que vamos apresentar para o governo do Estado”.

Maranhão tentou dar um “golpe” nos seus colegas do diretório, quando tentou impor o nome do deputado federal Benjamim Maranhão na primeira vice-presidência estadual no lugar de Santiago. Acabou sendo voto vencido. Percebeu que não tem mais maioria na Executiva. Recuou e, de acordo com o estatuto do partido, a vaga será ocupada pelo segundo vice e deputado estadual Gervásio Maia Filho.

Com essa acomodação, ficou fácil de definir a comissão provisória do partido em João Pessoa. Tem a seguinte composição: o deputado federal Manoel Júnior, os deputados estaduais Trócolli Júnior e Gervásio Maia, também os vereadores João Almeida e Fernando Milanez.

Portanto, entre mortos e feridos escaparam todos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.