Estudantes da rede estadual querem “Passe Livre”. É justo!

Conforme previu o Palácio da Redenção, o “Passe Livre” do Município provocou uma encrenca para o governo, que ficará na obrigação de copiar o programa lançado ontem (10) pelo prefeito Luciano Cartaxo (PT), um compromisso de campanha do petista.

Essa encrenca estava fora dos planos do governador Ricardo Coutinho (PSB), que chegou a considerar o programa da Prefeitura de “demagógica”. Porém, as famílias beneficiadas sabem da importância do programa.

A confusão dos estudantes da rede estadual começou na manhã desta quinta (11). Um grupo compareceu a Câmara Municipal de João Pessoa para reivindicar o direito do “Passe Livre”. Porém, bateram na porta errada.

Ao invés dos vereadores, a cobrança deveria ser dos deputados em se tratando de uma obrigação do governo estadual. O municipal cumpriu a sua parte. O vereador Lucas Brito (DEM) desconhece a prerrogativa do que é ser um representante do Município.

A encrenca está feita.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.