Governo troca a seca por articulações políticas, acusa Ricardo Marcelo

Presidente da Assembleia, o deputado Ricardo Marcelo (PEN) acusou o governador do Estado de antecipar as articulações para as eleições de 2014, colocando em segundo plano os problemas provocados pela seca.

Referiu-se a notícia de que o governador Ricardo Coutinho (PSB) na reunião desta segunda (1º) com a presidente Dilma Rouseff levou as mesmas propostas da Carta da Paraíba: SOS Seca, uma campanha que tem a assinatura do legislativo estadual.

“Antecipar a campanha em detrimento ao sofrimento do povo demonstra a falta de compromisso para amenizar os problemas causados pela seca”, acusou o presidente Ricardo Marcelo.

É verdade. Aliás, avalia-se que todo fato comporta a minha versão, a sua e a verdadeira. A verdadeira exposta pelo chefe do Executivo paraibano na reunião de Fortaleza é da Assembleia, que a presidente Dilma Rousseff já conhece.

Entre as propostas defendidas por Ricardo, o Coutinho, está o plano de abastecimento d’água, um dos itens que consta na “Carta da Paraíba”. Ricardo, o Marcelo, disse durante entrevista coletiva nesta quinta (4) que “a base econômica do Sertão está desprotegida…”.

“… Cadê os recursos das emendas coletiva dos deputados estaduais? Por que o governo ainda não liberou?”

A Assembleia também defende o “perdão” das dívidas dos agricultores com o Banco do Nordeste. Decorre que, sem chuvas ninguém produz absolutamente nada.

Questionamentos feitos pelo deputado Ricardo Marcelo, que também estão sendo feito pelos parlamentares que atuam politicamente nas regiões atingidas pela longa estiagem, a pior dos últimos 50 anos.

São mais de R$ 100 milhões das emendas que estão retidos nos cofres do governo do Estado, que já deveriam ter sido liberados para a aquisição de cestas básicas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.