Esposa do secretário estadual de Saúde pode ter sido exonerada

Um dos colaboradores da eleição de Expedito Pereira (PSB) a prefeito de Bayeux, o secretário estadual de Saúde, Waldson Souza, recebeu uma “apunhalada” pelas costas, caso seja verdadeira a notícia jogada no meio-fio por um portal do município localizado na Região Metropolitana de João Pessoa.

A informação – não confirmada – dá conta de que o prefeito Expedido exonerou a esposa do secretário Waldson da subsecretária de Saúde de Bayeux. Chama-se Kelly Bento de Araújo Dias. O que gerou a demissão teria sido um desentendimento com a coordenadora de Saúde, Rosiene Sarinho.

Exoneração a parte, pode estar sendo confirmado o velho conhecido nepotismo cruzado, uma prática utilizada por gestores públicos para fugir da lei que proíbe a contratação de parentes para cargos nas administrações públicas.

Acredita-se que o governador Ricardo Coutinho (PSB) teria ficado surpreso com a notícia.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.