Maranhão não vai apelar para Santiago permanecer no PMDB

Em privado, o ex-governador José Maranhão, presidente estadual do PMDB, disse que não pretende apelar ao ex-senador Wilson Santiago que permaneça no partido.
Nesta quinta (14), foi o assunto político a saída de Santiago do pemedebê. O desejo dele é estar próximo do governador Ricardo Coutinho (PSB).
Conforme já veiculado aqui, Santiago mira o PTB do ex-deputado federal Armando Abílio ou o PDT do deputado federal Damião Feliciano.
O PSB está fora de cogitação porque os planos do ex-senador é comandar um partido para garantir espaço e concorrer uma vaga na majoritária.
Voltando ao presidente do PMDB da Paraíba, ele prefere deixar que o ex-senador tome a decisão que julgar mais adequada.
Santiago decide levar debaixo do braço mais de 40 prefeitos que seguem sua orientação política.
Se reaproximando de Ricardo, o ex-senador se aproxima de Cássio Cunha Lima (PSDB) e parte para reconquistar o eleitorado campinense, que não lhe perdoa de jeito nenhum.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.