Crise no PSB só vai acabar com a mudança, e já

Engana-se quem pensa que o clima quente no PSB esfriou com as declarações do presidente nacional Carlos Siqueira, em entrevista à imprensa paraibana nesta quarta-feira (13/3).

Ao contrário, segue no mesmo movimento de debandada. Neste sentido, o deputado João Gonçalves (PSB; foto) defendeu urgência, “urgentíssima”, que o partido venha para o comando do governador João Azevêdo, e que as decisões internas sejam adotada pelo principal líder socialista.

O partido está vivendo uma ebulição interna e muitos filiados não estão se sentindo seguros”, afirmou o parlamentar. O problema da crise não é outro senão o deputado federal Gervásio Maia, ainda presidente estadual do partido. 


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.