Paciência do campinense com ROMERO tem limite

Os eleitores de Campina Grande podem estar perdendo a paciência com o deputado federal Romero Rodrigues (Podemos). Ele vem deixando um rastro de dúvidas sobre sua pretensa candidatura a prefeitura do segundo maior colégio eleitoral do Estado. Ontem, em entrevista, já transferiu, veja você, para agosto a decisão.

Enquanto isso, seus aliados e possíveis postulantes ao mandato de vereador estão sendo prejudicados por ver o tempo passar e nada de decisão de Romero, o que mostra a falta de coragem ou não existe vontade de participar da campanha deste ano. O deputado Tovar Correia Lima (PSDB) também surfa na onda do hoje seu líder maior da política campinense.

Também, a oposição cobra um posicionamento do parlamentar que hoje é líder da bancada do partido do qual estar filiado, o Podemos. “Ele precisa decidir se é oposição ou situação”, apelou o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas), em entrevista nesta segunda-feira (11/3).

Romero pode estar naquela de ir para a disputa a perder para o seu aliado e prefeito Bruno Cunha Lima (União Brasil). A propósito, por falar no UB do senador Efraim Filho, o partido, através do seu líder, acredita que não haverá um racha e que haverá um palanque ainda mais reforçado na campanha deste ano. “Bem, estamos trabalhando neste sentido”, o senador.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.