Covid-19: Cícero acompanha instalação de usina de oxigênio no Prontovida

Incansável nas ações de enfrentamento do vírus que provoca o Covid-19, o prefeito Cícero Lucena inspecionou as usinas para a produção de oxigênio em hospitais. São providência tomadas no instante crítico da pandemia e de crescimento do número de pacientes infectados pela doença.

Nesta manhã, Cícero esteve pessoalmente no Prontovida, hospital especializado para tratamento do coronavírus na capital. Com o novo equipamento, a unidade terá capacidade de produção de oxigênio dobrado, o que permitirá que ele passe de 20 leitos de UTI para 45. Ou seja, mas do que o dobro.

Garantiu reforçar ainda mais na busca de oferecer o suporte necessário para a cura e minimizar os efeitos dessa pandemia e, consequentemente, salvar vidas. Esse é o lema. “Além dessa usina aqui no Prontovida, teremos mais quatro nos próximos dias”, assegurou.

Anotou, ainda, que “elas (usinas) vão trazer segurança no abastecimento de oxigênio, elemento fundamental para os pacientes em tratamento da Covid-19”.

Uma coisa é certa: o pessoense não está desamparado neste momento difícil causado pelo vírus da Covid-19. Conforme anunciado, as outras usinas serão instaladas no Santa Isabel, Ortotrauma de Mangabeira, Cândida Vargas e Hospital Valentina de Figueiredo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.