Calvário: não teve dinheiro na cueca, mas celular escondido em vaso de planta

Desta vez não teve dinheiro na cueca, mas celular escondido em vaso de planta, conforme flagrante dos policiais federais durante as buscas e apreensões de ontem na nova fase da Operação Calvário, aquela que investiga o suposto desvio de R$ 134 milhões da saúde.

Ocorreu na residência do então assessores do conselheiro de Arthur Cunha Lima no Tribunal de Contas do Estado, Sérgio Ricardo de Ribeiro Gama e seu filho Sérgio Ricardo de Ribeiro Gama Filho, ambos investigados.

O inusitado recebeu o registro da coluna de Suetoni Souto Maior, do Jornal da Paraíba. Na operação desta terça, a Polícia Federal visitou algumas residências dos supostos evolvidos e mirou no ex-governador Ricardo Coutinho, no ex-procurador Gilberto Carneiro e Arthur.

Foto: Reprodução

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.