Jampa Digital agora é com o Judiciário; MPF denuncia Gilberto e mais nove pessoas

Veja você, depois de completado uma década, eis que o Ministério Público Federal denunciou o ex-secretário Gilberto Carneiro no processo do “Jampa Digital”, que ganhou o noticiário nacional na época do escândalo.

Além de Carneiro, mais nove pessoas compõe a lista dos denunciados, que poderão se virar réus caso o Judiciário aceite a denúncia. Os investigados são suspeitos de envolvimento em suposto esquema de desvio de recursos públicos no processo de implantação da “plataforma de convergência social e digital de João Pessoa”.

Era no Governo Ricardo Coutinho, à época prefeito da cidade e a promessa tinha o objetivo de levar internet numa área da orla marítima. Foi um escândalo, inclusive o coordenador do projeto Bruno Ernesto foi executado. O crime ainda está no rol dos insolúveis.

A lista dos denunciados é composta por Gilberto Carneiro (investigado e réu da Operação Calvário), Thiago Menezes de Lucena Claudino, Dilson José de Oliveira Leão, Francisco Adrivagner Dantas de Figueiredo, Cristiano Galvão Brochado da Silva, Mário Wilson do Lago Júnior, Paulo de Tarso Araújo Souza, Celso da Silva Santos, Francisco Antônio Caminha e José Antônio Caminha.

Assina a denúncia o procurador Victor Carvalho Veggi. Vão responder pelos crimes de Peculato, lavagem de dinheiro e outros. A Polícia Federal, responsável pela investigação do caso, estima danos ao erário na ordem de R$ 3.451.396,09.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.