Patos: governo exonera esposa de deputado que traiu orientação do Cidadania

Chama-se Germana Nunes a esposa do deputado Dr. Érico (Cidadania) exonerada do cargo que ocupava no Governo do Estado. Deu-se após o parlamentar contrariar a orientação do seu partido na corrida eleitoral em Patos.

Dr. Érico, ao invés de apoiar a candidatura a prefeito do colega de parlamento Nabor Wanderley, preferiu ir na contramão da recomendação partidária, declarando apoio ao candidato Ramonilson Alves (Patriota).

Parece, até, que o deputado combinou com o ex-secretário Luiz Couto, também exonerado por ter se aliado ao candidato Ricardo Coutinho à Prefeitura de João Pessoa, hoje um inimigo político do grupo do Cidadania.

Germana Nunes ocupava cargo em comissão no Hospital e Maternidade Peregrino Filho, em Patos. O ato de exoneração assinado pelo governador João Azevedo veio acompanhado da substituta da função, Dainara Correia Domingos.

Érico já havia traído a confiança do governador João Azevedo, quando declarou apoio a pré-candidatura, à época, do parlamentar à Prefeitura de Patos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.