Operação da Polícia Federal cumpre mandados contra Buega Gadelha

Buega Gadelha teria ficado surpreso com a ação da Polícia Federal nesta quinta-feira (2), que deflagrou na manhã a operação batizada de “Cifrão”, que vem a combinar com o suposto desvio de R$ 2 milhões em obras (3) de construção e reforma dos Centros de Atividades do Sesi, na Paraíba.

A ação dos policiais federais, em conjunto com o Gaeco do Ministério Público do Estado e Controladoria Geral da União, fez uma varredura na casa de Buega e na sede da Federação das Indústrias da Paraíba, em Campina Grande. Aqui, em João Pessoa, numa construtora e também na cidade de Queimadas.

Com essa de hoje, Buega é “emparedado” pela segunda vez em ação da Polícia Federal. A primeira aconteceu ano passado, quando chegou a ser preso durante a Operação Fantoche. Aliás, pelo menos motivos: desvio de verba e superfaturamento de obras.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.