Dinaldinho pode voltar; MP pede arquivamento da ação contra ele

Para alegria dos eleitores patoenses, o prefeito Dinaldinho Wanderley pode estar voltando após o afastamento de quase dois anos do cargo. Pelo menos se depender do Ministério Público, que arquivou a ação que apontava possível irregularidade na dispensa de licitação para serviços de iluminação pública em Patos.

“Não vejo qualquer irregularidade, já que há nos autos contrato de locação firmado”, escreveu no pedido a promotora Mariana Neves Pedrosa Bezerra, da 4ª Promotoria de Justiça de Patos.

Desde 14 de agosto de 2018, o prefeito Dinaldinho está afastado das funções por ordem do Tribunal de Justiça, atendendo pedido do Ministério Público da Paraíba, após ser denunciado no âmbito da Operação Cidade Luz, que investigou supostas frades em contratos de iluminação pública da cidade.

Confira a decisão abaixo:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.