Vereadores pessoenses se livram definitivamente do pecado mortal

Para não conviver com o pecado mortal chamado PSB – Partido Socialista Brasileiro, os vereadores Sandra Marrocos, Tibério Limeira (atualmente secretário de Estado), Léo Bezerra, Tanilson Soares e Zezinho do Botafogo deram adeus a legenda sem o “até breve”.

A movimentação decorre do envolvimento dos socialistas na organização criminosa (ORCRIM) liderada pelo ex-governador Ricardo Coutinho, segundo o Ministério Público. Ele chegou a ser preso durante a 7ª fase da Operação Calvário/Juízo Final.

Para não serem contaminadas com o desgaste da imagem do partido, tampouco vinculados com o ex-presidiário Ricardo Coutinho, os vereadores anunciaram, em bloco, a saída do PSB.

O destino deverá ser o Cidadania, ex-PPS, o partido que o governador João Azevedo decidiu se filiar após a desfiliação da legenda socialista ano passado. Exceto Sandra Marrocos, que decidiu seguir com o pecado, mas no PT do também ex-presidiário Lula.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.