Questionamento de uma boca só: por que Ricardo não está preso?

Com tantos indícios de tentativas de obstrução da justiça, a pergunta jogada no asfalto é de uma só boca: por que o ex-governador Ricardo Coutinho não foi preso de novo, mais uma vez e novamente?

A nível de Tribunal de Justiça está em tramitação um novo pedido de prisão do então governador, protocolizado na semana passada pelo Ministério Público do Estado.

Talvez, não aconteceu por causa da espera do julgamento da revogação de uma liminar concedida pelo ministro Napoleão Nunes, do STJ, que à Procuradoria da República entendeu como “ilegal”.

Mas o caso a nível de Superior Tribunal de Justiça está muito próximo de um desfecho, pois é esperado que o processo seja julgado pela ministra Laurita Vaz, relatora do feito.

Tanto ela pode encaminhar o procedimento para julgamento de mérito, ou decidir de forma monocrática. E se acontecer uma coisa ou outra, o ex-governador Ricardo Coutinho voltar para à cadeia.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.