Socialistas usam de má fé com a Justiça Eleitora da Paraíba

O PSB paraibano segue brincando com a inteligência alheia e, ao invés de sucumbir como partido no Estado, depois de comandar uma organização criminosa, usa de má fé com a Justiça Eleitoral na definição do substituto do ex-presidiário Ricardo Coutinho.

Na quarta-feira (8), o deputado federal Gervásio Maia tinha sido o escolhido, mas no dia seguinte no posto de presidente estava a também ex-presidiária Márcia Lucena.

Hoje, porém, o partido alegou um erro de digitação e voltou Gervásio para a presidência do partido, que deveria repensar o momento e evitar continuar zombando dos paraibanos, como se a investigação da Operação Calvário não representasse nada.

Ou apenas uns poucos milhões de reais jogados na lata do lixo.

2 comments

  1. Realmente é triste, vê como no Brasil corruptos transitam livremente, como se ser ladrão fosse sinônimo de sabedoria.

  2. É lamentável! O governador que mais trabalhou pela Paraíba. Terminar seu mandato, acusado pôr desvios de recursos públicos. 😔😔😔

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.