Crusoé compara Ricardo Coutinho ao condenado Sérgio Cabral, ex Rio

Em matéria publicada pela revista Crusoé, replicada pelo Antagonista, mostra que as investigações do esquema de corrupção investigado na Operação Calvário têm a participação direta do ex-governador Ricardo Coutinho.

O texto inédito é do reporte Fábio Serapião. O material compara Ricardo ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral e está intitulado como o “Cabral socialista”, fazendo uma comparação com o socialista da Paraíba.

“O esquema se espraiava por outros estados e seria bastante parecido com o que foi utilizado no Rio de Janeiro” e, além disso, o material publicado destaca: “as relações do político paraibano com vários integrantes do Sistema Judiciário, exercendo até mesmo influência sobre alguns”.

Diz mais:

“Assim como a Lava Jato, a Operação Calvário, do Ministério Público da Paraíba, batizou sua sétima fase de Juízo Final. Ao prender o ex-governador Ricardo Coutinho, do PSB, às vésperas do Natal, a investigação descortinou o funcionamento de um esquema azeitado de corrupção que, dizem os investigadores, era comandado pelo socialista e tinha tentáculos que alcançaram o Tribunal de Contas do estado, o Judiciário, o Ministério Público e a Assembleia Legislativa”.

O Gaeco/Ministério Público afirma:

“Estamos diante de uma verdadeira captura do poder público estadual por um grupo criminoso forte e articulado, na medida em que as ações desenvolvidas por seus integrantes foram orquestradas para, uma vez dentro da estrutura política e administrativa do estado, valer-se de todo tipo de vantagens indevidas em detrimento da máquina administrativa e da população”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.