Efraim se defende de citação de Livânia: ‘quem não deve, não teme’

Citado por Livânia Farias, presa durante uma das fases iniciais da Operação Calvário, o deputado federal Efraim Filho negou e, em nota, disse o seguinte: “quem não deve, não teme”.

Efraim é acusado de receber R$ 2 milhões em troca do apoio ao projeto do ex-governador Ricardo Coutinho, também que no dia do acordo teria recebido R$ 1 milhão, repasse feito por Ivan Burity.

Também como a participação de Leandro Nunes, o restante do dinheiro foi feito em parcela de R$ 250 mil, “entregues no bairro Jardim Luna, em um prédio defronte a um quiosque da empadinha Barnabé”, declarou.

Numa nota com 108 palavras, o deputado demista disse: “quem não deve, não teme: coloco meu sigilo bancário, telefônico e fiscal a disposição da justiça”.

Adiantou, ainda, que “tomei ciência pela imprensa da citação do meu nome, nas investigações em curso, como que no ano de 2014 tivesse recebido ajuda de campanha para apoiar a chapa do então governador”.

Anotou que “absolutamente nego essa ilação feita contra mim, sem apresentar uma prova ou sequer uma data. As contas da minha eleição 2014 foram analisadas, julgadas e aprovadas pela justiça eleitoral”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.