PGR deve informar a Gilmar Mendes ser contra soltura de Coriolano

Tudo é possível, mas se o ministro Gilmar Mendes encaminhou o pedido de relaxamento da prisão de Coriolano Coutinho para análise da PGR – Procuradoria Geral da República, certamente não ordenará à soltura do irmão do ex-governador Ricardo Coutinho.

Como se sabe, Coriolano era uma das peças chaves do quebra-cabeça da organização criminosa desmontada pela Polícia Federal, Gaeco/Ministério Público e CGU (Controladoria Geral da União). O que se tem conhecimento no momento é que mais de R$ 134 milhões foram desviados da saúde da Paraíba.

A PGR já tem parecer pronto sobre o histórico de Coriolano na Orcrim e deverá se pronunciar contrário a despeito do relaxamento da prisão, como discordou da soltura do chefe, segundo o Ministério Público, da organização criminosa Ricardo Coutinho, ex-presidiário.

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.