CPI da reforma da Assembleia Legislativa ficou para 2020

A CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito – da reforma da Assembleia Legislativa, que seria realizada este ano, ficou para 2020. Como se sabe, na gestão de Gervásio Maia, hoje deputado federal, se gastou uma fortuna para nada.

 

Não houve melhoras, pois, até mesmo o plenário teve que passar por reparos pela atual gestão administração da Casa de “Epitácio Pessoa”. Todos os dias aparece um problema, quando não é o som, o ar condicionado não funciona.

 

Há, inclusive a compra dos lustres do plenário, que teria sido adquirido na loja da atual esposa do ex-governador Ricardo Coutinho. Falam em superfaturamento do acessório. É preciso investigar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.