Waldson tem novo pedido de habeas corpus rejeitado pelo STJ

Conforme previsto, a ministra Maria Thereza negou pedido de habeas corpus ao ex-secretário Waldson Souza, decisão que o mantém preso na Penitenciária Média de Mangabeira.

Não é a primeira vez que acontece, também não deverá ser a última por causa da implicação do então auxiliar do Palácio da Redenção, que passou pelos cargos de secretário de Saúde, de Planejamento e Articulação Política.

Waldson também foi coordenador das campanhas do PSB, seja nas eleições municipais ou para o Governo do Estado, sempre recebendo a delegação do ex-presidiário Ricardo Coutinho.

Apesar de sua fidelidade, Waldson foi deixado para trás por aquele que é considerado o chefe da Orcrim, conforme o Ministério Público. A prisão aconteceu no âmbito da Operação Juízo Final, braço da Calvário.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.