Delator revela a prática de ‘rachid’ de chefe de gabinete para Estela

A colaboração do presidiário Daniel Gomes, acusado de embolsar mais de R$ 1 bilhão da saúde paraibana através de sua Cruz Vermelha, revela que a deputada Estela Bezerra teria indicado sua chefe de gabinete por nome de Mayara como diretora da OS – Organização Social na Paraíba.

Segundo as investigações da Calvário, tomando por base a delação de Daniel, a dita cuja permanecia na chefia de gabinete da parlamentar socialista, mas com a obrigação de devolver o dinheiro correspondente ao salário para o bolso da deputada.

“Olha, Daniel, eu continuo como chefe de gabinete da deputada e tô devolvendo o dinheiro para ela. Teria algum problema de continuar assim? Você me pagaria o valor por fora, eu devolveria para Estela e o meu salário ficaria comigo. Eu disse, ok!”

Daniel está preso na penitenciária da Papuda, em Brasília.

One comment

  1. essa bandida deveria estar presa se não fosse o apadriamento dos seus pares ,os deputados e o que me deixa revoltado e saber que eu dei um voto ao sr virgulino e vejo que este votou pesa soltura de uma bandida, este deputado jamais terá meu voto , pois me traiu,votando em uma criminosa.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.