Livânia afirma, em delação, que entregou R$ 4 milhões a Ricardo

A Paraíba é notícia em todo país. O governo do socialista Ricardo Coutinho conseguiu levar o estado a ser notícia ruim a todos os cantos do território brasileiro, por causa da roubalheira que ocorreu entre 2011 e 2018, e até na época da Prefeitura de João Pessoa.

O Uol noticiou agora há que “a ex-procuradora-geral da Paraíba Livânia Farias, que também ocupou o cargo de secretária da Administração do Estado, relatou em delação premiada uma rotina de entregas de dinheiro em espécie na Granja Santana, residência oficial do governador à época, Ricardo Coutinho (PSB), agora procurado pela Polícia Federal como alvo principal da Operação Calvário/Juizo Final”.

Segue afirmando que “Livânia comandou a Procuradoria entre 1º de janeiro de 2011 e 29 de junho de 2011. Até 2018, último ano do segundo mandato de Coutinho, afirmou ter feito a entrega de R$ 4 milhões”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.