Advogados conseguem HC e põem Eduardo Coutinho em liberdade

Presos durante a 5ª fase da Operação Calvário, Eduardo Coutinho, ex-diretor do Hospital de Mamanguape, e Jardel Alderi, operador da Orcrim socialista, foram colocados em liberdade ontem, por meio de uma decisão do STJ – Superior Tribunal de Justiça.

No caso de Eduardo, a banca dos advogados Raoni Vita (foto) e Carlos Fábio (foto) defendeu o constituinte, e nunca a frase de Ruy Barbosa – “A força do direito deve superar o direito da força” –  esteve tão bem conceituada no encaminhamento do pedido de habeas corpus.

“O Direito, além de ciência, é uma arte que deve ser exercida com precisão cirúrgica para salvaguardar da vida do paciente”, disse Vita.

Ele ressaltou ainda o trabalho “árduo ao lado de Carlos Fábio e auxílio indispensável de todos que fazem o Vita Advogados & Consultores”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.