Dois ex-prefeitos não dormem o sono dos justos esta noite

Os ex-prefeitos Francisca Motta (MDB) e Expedito Pereira (PSB) tomaram um gancho nesta quarta-feira (21), com a reprovação de suas respectivas contas pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado), durante o período de comando a frente das prefeituras de Patos e Bayeux, respectivamente.

As contas são referentes ao exercício financeiro de 2013. Chica Motta por causa de despesas irregulares com transporte estudantil. Já Expedito, por questões que incluíram despesas e saldo bancários não comprovados e irregularidades, também,  com o não recolhimento de contribuições previdenciárias e folha de pagamento acima do limite legal.

Ainda com relação a Expedito Pereira, o Tribunal quer a restituição de importância superior a R$ 48 mil aos cofres do município de Bayeux. Os ex-prefeitos punidos ainda podem recorrer da decisão tomada pela Corte de Contas do Estado.