Verdadeiros aliados querem ver infiéis’ longe do Planalto

Os partidos verdadeiramente aliados do Governo Michel Temer querem ver o PSDB distante do Palácio do Planalto, conforme revelou um dos donos do Centrão, grupo partidário que praticamente votou em peso contrário ao pedido do procurador Rodrigo Janot para processar Temer.

Defende a demissão dos tucanos pendurados nos cargos de primeiro escalão, a exemplo de Antônio Imbassahy e Bruno Araújo. Se não acontecer as exonerações promete uma reação. E qual seja? “Promover um festival de traição”. São de acordo que “o presidente precisa mostrar que a fidelidade vale a pena”.

O deputado Aguinaldo Ribeiro (PP), da bancada paraibana, também do Governo Michel integra o grupo de partidos fiel ao Palácio do Planalto. Em Brasília é assim, conspira-se até de madrugada, conforme chamou a atenção “O Antagonista”.