DÍVIDA DOS EX-TRAUMA CHEGA A R$ 20 MILHÕES

O governador que sucederá Ricardo Coutinho (PSB) a partir de janeiro de 2019 vai encontrar um passivo judicial, no âmbito da Justiça do Trabalho, que a preço de hoje está estimado em mais de R$ 20 milhões. Decorre de ações de prestadores de serviços do Hospital de Trauma, que acionaram judicialmente o Estado e a Cruz Vermelha.

A informação repassada ao blog dá conta de cerca de 10 mil ações, todas elas com pedido de indenização, e obrigação de pagar. A Cruz Vermelha, pelo que se tem conhecimento, não está nem ai. Tem certeza absoluta que a obrigação é do Estado. Tanto é verdade que pediu justiça gratuita em todas suas defesas.

Isso é considerado o maior absurdo de todos. O blog soube, em conversa com um advogado trabalhista, que todas as ações são favoráveis aos empregados, porque foram para o olho da rua sem justa causa.  A previsão é que as decisões deságüem no próximo governo e não no atual.