Petista acusa socialista de cooptar ex-prefeita Pollyana

Azedou o clima do PT com o aliado governista PSB do governador Ricardo Coutinho. Em entrevista a Rádio Correio, o presidente dos petista paraibano Charliton Machado se queixou dos socialistas, a quem acusa de haver cooptado a ex-prefeita de Pombal, Pollyana Dutra. Ela já anunciou que a partir deste sábado (8) vai plantar mais um girassol, símbolo da legenda.

Charliton classificou de “deselegante” a atitude do Partido Socialista Brasileiro ao desrespeitar a conduta de um aliado. Disse também que soube do desembarque de Pollyana através da imprensa, e lamentou que tivesse ocorrido sem que os petistas tivessem sido comunicado previamente. “É lamentável, pois o PT deu toda estrutura a ela quando foi candidata pela primeira vez”, destacou.

Sem que tenha mencionado o tema, Pollyana desrespeitou até mesmo a boa relação com o ex-presidente Lula, que quando estava no poder dispensou-lhe toda a atenção do mundo, inclusive deixando as portas dos ministérios escancaradas para a ex-prefeita de Pombal. Noutras palavras, o Partido dos Trabalhadores considerou a saída de uma “ingratidão imensa”.

O presidente dos petistas subiu o tom das criticas da postura dos socialistas: “Sinceramente, o PSB tem tido atitudes que deveriam ser melhor trabalhadas”. E voltou a centrar fogo no aliado: “São atitudes desonestas com cooptação de lideranças, como fez com o PCdoB ao tirar o deputado Zé Paulo do Paulo do partido…”

“… Isso pode trazer muitos desgastes na relação com os partidos aliados”, ameaçou Machado.