Ricardo oficializa na segunda privatização da Cagepa

Conforme previsto, a Cagepa (Companhia de Água e Esgoto da Paraíba) será privatizada. Oficialmente, o anuncio será feito na segunda-feira (3) pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), que já convocou entrevista coletiva para por um fim neste mistério que ronda a empresa já algum tempo. “Não há outra saída senão à venda”, dizia um dos atuais dirigentes.

O mesmo integrando da diretória do órgão explicou ao blog que estudos já vêm sendo realizados. Porém, não deu maiores detalhes porque esse assunto seria desmitificado na segunda, durante a entrevista que o governador do Estado irá conceder à imprensa.

Da Cagepa, o que se sabe é que existem funcionários ganhando altos salários. E não são poucos. Aliás, bem acima do teto estabelecido por lei, cujo limite para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) é de pouco mais R$ 32 mil mensais. Lá, na empresa paraibana há servidor recebendo até R$ 50 mil por mês.

A privatização pelo atual Governo já vem sendo debate no âmbito da Assembleia. O deputado Raniery Paulino, líder do bloco do PMDB, chegou a propor uma audiência pública para discutir o assunto. Ele lembrou de um empréstimo de R$ 170 milhões adquiridos pela gestão socialista, a pretexto de sanear finanças da empresa.