Por transposição, PSB fecha olhos para o caso Tibério

O PSB Estadual não esconde o esforço de momento que é juntar gente para levar ao evento com a participação (já confirmada) dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, num dos trechos do Eixo Leste localizado em Monteiro, onde na semana passada o Governo Federal entregou à população a primeira fase da transposição do São Francisco.

Por isso, o partido ainda não se debruçou para avaliar o caso do vereador Tibério Limeira, socialista que tem aparecido ao lado do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) nos eventos da Prefeitura de João Pessoa. O próprio presidente do partido na Capital, Ronaldo Barbosa, mostrou-se, em revelação ao repórter Anderson Soares: “Só posso dizer que estou surpreso novamente”, afirmou.

Disse mais: “O partido não vai se pronunciar agora, porque estamos preocupados com o evento do presidente Lula”. Ou seja, trabalha para juntar gente para levar a solenidade do Governo do Estado com o ex-presidente Lula, réu da Lava Jato e investigado em outros crimes pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), já que perdeu o foro privilegiado.

Portanto, deixou claro Barbosa que o caso do vereador “infiel” poderá ser analisado em outra oportunidade. Quem sabe, quando o parlamentar decidir anunciar: “não dá pra segurar, explode coração…”.

Atualização: Agora a pouco, ao Maispb, Tibério se justificou: “Minha presença é democrática, avaliar se vale a pena ou não. Eu avalio que é importante. Estranhar é incoerente. Eu já tinha explicado. Não estou indo para inauguração”.

E arrematou: “Quem viver verá”.