Governista defende venda da Cagepa; ‘uma tendência’

Tudo indica, a Cagepa (Companhia de Água e Esgoto da Paraíba) está a caminho da privatização, “uma tendência natural nos estados brasileiros que ainda detém estatais”, defendeu o deputado Trócolli Júnior (Pros). Garantiu que não se trata de uma decisão definitiva do Governo do Estado e assegura que não tem conhecimento da posição do governador Ricardo Coutinho acerca do tema.

Ao expor sua opinião, Trócolli ressalta a necessidade de melhoria do serviço à população, principalmente num momento de dificuldades financeiras que a estatal vem atravessando: “Há muitas décadas a Cagepa vem em decadência, e mesmo com todo esforço para sanear a empresa, em todos os governos, nenhum ainda não conseguiu’.

E pontuou: “A privatização é o caminho que todos os estados, não só a Paraíba, estão trilhando para dar uma prestação melhor dos serviços”.

O assunto ainda não está na pauta das discussões no plenário da Assembleia. Surgiu depois de um estudo técnico do BNDES com as empresas de água e esgoto de vários estados. Porém, além de Trócolli Júnior, os deputados da base do governo já se pronunciaram a respeito do tema, a exemplo de Hervázio Bezerra (PSB) e Raoni Mendes (DEM).

Se onde há fumaça tem fogo, conforme o jargão popular, então a privatização é tema discutido nos corredores do Palácio da Redenção.