Berg Lima nomeia parentes e até amigos dos amigos

Em minoria da Câmara, o prefeito Berg Lima (PTN) vai enfrentar um sério problema nos próximos dias: contar as criticas dos adversários. Diz-se que vem a caminha uma série delas. Por etapas. A primeira delas de que Lima encheu os cargos de parentes. Uma parentada pendurada em cargos da Prefeitura Municipal de Bayeux que não tem fim. Um verdadeiro trem da alegria, incluindo só familiares de quem se propôs fazer diferente.

“Chega a ser um absurdo”, dizia um vereador ao signatário do blog durante encontro casual, reforçando que “esperava mais de um prefeito que se proponha a fazer por Bayeux o que nenhum outro tinha feito anteriormente. Lamentável.” Sobre outras ações do legislativos do município, o parlamentar disse que Berg está fazendo o contrário do que prometera antes da campanha.

É o nepotismo desenfreado que não se acaba nunca.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.