Cássio diz que RC quebrou o Estado. ‘Ele é mau gestor’

Durante café da manhã com os jornalistas nesta terça-feira (27), o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), licenciado, jogou no asfalto o que a Paraíba inteira descobriu: “É mau gestor, sim. Claro!” A observação foi feita quando instado a falar se considerava o governador Ricardo Coutinho (PSB) um mau gestor. A pergunta foi dirigida por causa dos gravíssimos momentos vividos na segurança pública, motivada pela escalada da violência.

Sem titubear, em resposta as provocações dos jornalistas, Cássio foi ao ponto: “Ora, encontrou o Estado equilibrado, como mostram as informações no início de sua gestão, em 2011, e o que temos hoje? A Paraíba está na Serasa, por culpa de sua má gestão fiscal. E olha foi o governador que mais aumentou impostos. Mesmo assim, o Estado teve sua nota rebaixada, por desequilíbrio em suas contas”.

Cássio fala com conhecimento de causa. Pois, como se sabe, foi em seu governo que a Paraíba recuperou o equilíbrio financeiro. Permaneceu assim durante os primeiros quatro anos deste governo socialista, que deixou a nota cair e agora a recuperação vai custar muito caro. Já custa, se levada em consideração que setores essenciais para a sociedade não funcionam, a exemplo da segurança pública, saúde, educação e infraestrutura.

Piora, a cada dia, em outro setor: recursos hídrica do Estado. “Por isso, é mau gestor, sim”, reiterou o senador Cássio Cunha Lima, ao demonstrar preocupação com a situação vivida neste momento e, principalmente, os problemas futuros de dívidas que serão herdados pelo próximo governador da Paraíba.

É verdade, e os paraibanos começam a perceber agora: “Todas as grandes obras de que ele (governador) se vangloria foram deixadas por mim e por Zé Maranhão. Veja o caso das estradas. Nós encaminhamos o processo de empréstimo para a CAF (Confederação Andina de Fomento), Maranhão na sequência deu encaminhamento, licitou e deixou tudo pronto. Ele só fez prosseguir com as obras, que estavam àquela altura no piloto automático”, disse Cássio.

E o Centro de Convenções? “Fizemos o projeto, demos início, Maranhão prosseguiu, deixou mais de 35% da obra concluída, ele (Ricardo Coutinho) apenas deu sequência. O mesmo com o Canal Acauã-Araçagi e tantas outras. Mas, veja o que ele realmente fez em sua gestão. Então, ele apenas fez as obras que deixamos prontas. Deixamos a cama pronta para ele deitar”.

E a insegurança de hoje, senador?  “Veja o gravíssimo problema da violência. Só se agravou desde que ele assumiu. São graves também os problemas na área de Saúde, Educação, com fechamento de escolas. E tem essa questão hídrica. O seu Governo foi alerta de que a seca poderia provocar um colapso no abastecimento de muitas cidades. E o que ele fez? Rigorosamente nada. É como se o problema não fosse do Governo. E é de quem?”