Para não perder de novo, governador dá poder ao líder

Cansado de perder para o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), as duas consecutivas nas eleições de João Pessoa, o governador Ricardo Coutinho (PSB) transferiu para o líder de sua bancada na Assembleia, deputado Hervázio Bezerra (PSB), a articulação com o objetivo de derrotar o nome que o gestor municipal deverá apoiar. Ou seja, decidiu interferir no processo dos vereadores da Capital de forma “indireta”.

A participação do governador no processo de escolha é restrita a Câmara Municipal, que não tem a ver com ele, veio à público através da manifestação do líder de sua bancada Hervázio, que recebeu plenos poderes para comandar um grupo de parlamentares na tentativa de vencer, pelo menos um nos embates contra quem ajudou reelegê-lo na campanha de 2014.

Em conversa com o blogueiro Anderson Soares, Hervázio veio à boca do palco: “Conversei com o governador no dia do aniversário dele. Ele me deu total autonomia para conduzir as articulações da Mesa da Câmara Municipal de João Pessoa. Falei com ele sobre a inclinação dos vereadores do PSB em apoiar Marcos Vinícius e o governador não fez nenhuma objeção…”

“… Ele disse que o ideal era ter candidatura, mas entende que não seria possível. Falou que defendesse os espaços do PSB com sabedoria”, assegurou Hervázio.

Impressiona à disposição do governador interferir num processo de eleição que nada tem a ver com o Palácio da Redenção, ainda mais porque ele não é o prefeito – já foi – e precisa cuidar do volume de problemas existentes na Paraíba.