Nassau e Unipê: transação envolve meio bilhão de reais

Foi noticiado através das redes sociais e tudo leva crer que a informação é verdadeira, tendo em vista que no jargão popular quando diz-se “onde há fumaça tem fogo”, vá em busca dela que a negociação já está fechada. Pois bem, em seu blog, o jornalista Helder Moura repassa um informe acerca da compra do Unipê pelo empresário Janguiê Diniz (foto), diretor-presidente da Faculdade Maurício de Nassau.

Inclusive, até o preço pela aquisição já se tem conhecimento: meio bilhão de reais. Chama a atenção porque ninguém dá a informação, nem mesmo os funcionários da Maurício de Nassau souberam informar se, de fato, está acontecendo essa negociação. Porém, “os comentários são intenso nas redes sociais”, conforme publicação do jornalista Helder Moura.

Quem é – Paraibano de Santana dos Garrotes, Janguiê liderada Ser Empresarial (fundado em 2003), holding que agrupa o maior número de faculdades privadas do País e é considerado um dos empresários mais ricos do País. Consta do acervo, além da Maurício da Nassau, também a Estácio de Sá e, mais recentemente, a Faculdade de Guarulhos.

Janguiê, segundo ele próprio, foi engraxate aos 8 anos: “Depois trabalhei como vendedor de laranja e depois de picolé, quando morava no Mato Grosso. Depois, aos 10 anos, meu pai precisou se mudar para  Pimenta Bueno, em Rondônia. Dos 10 aos 14 anos trabalhei em bar, lanchonete, loja de roupa, fui office boy de um escritório de contabilidade  e locutor infantil.”

Em Recife, formou-se em Direito (pela Universidade Federal de Pernambuco) e Letras (Unicap), fez mestrado, dourado e passou em concurso para juiz. Mas, decidiu deixar tudo para investir na iniciativa privada e, assim, criou o Grupo Ser Empresarial.