Acusada de corrupta, Estela se defende: ‘um desequilibrado’

A deputada Estela Bezerra está com o vereador Renato Martins – ambos do mesmo partido, PSB – entalado na garganta. Não suporta ouvir o nome do colega, ou companheiro de legenda, que logo chama-o de “desequilibrado”, mesmo que considerá-lo de “maluco”, “lunático”,  “idiota”, “tantã”, “espeloteado”…  Martins acusou Estela de “deputada corrupta, uma deputada corrupta fez um vereador corrupto pra poder ter silêncio na Câmara Municipal”.

De passagem pelos estúdios da Arapuan FM, Estela desafio seu desafeto: “Quero ver é se ele (Renato) consegue provar alguma coisa contra mim”. E lançou-se: “Eu faço o debate a qualquer momento, não corro de discussão, não tem medo de ninguém. Até hoje, eu só tenho feito o debate propositivo, sem acusações vazias”.

Em seguida, levou o vereador socialista ao chão: “Ele está desequilibrado. Espero que se trate, se cuide, lamba suas férias e depois venha se retratar. Ele tem o direito de ser ouvido e o meu dever é proteger o meu nome e de vários outras pessoas acusadas pelo vereador. Se tivesse uma denúncia de fato, ele já teria feito, não deixaria para depois da campanha”.

Líder da oposições, o vereador socialista fez a seguinte acusação contra a deputada: “É vendendo aparelhos de nota fiscal para órgãos comerciais. Estabelecimentos comerciais foram obrigados a trocar o aparelho de R$ 500 por R$ 3 mil, comprando de empresas ligadas à Kroll, com o intermédio da deputada Estela Bezerra…”.